Total de visualizações de página

segunda-feira, 6 de junho de 2011

SEM SANTIFICAÇÃO NINGUÉM VERÁ A DEUS

E revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos, e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, e se algum tiver queixa contra outro, assim como Cristo vos perdoou, assim fazei-vos também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de caridade, que é o vínculo da perfeição. E quando Cristo se manifestar, então também vós vos manifestareis com Ele em glória.

Desde o princípio, a aspiração do Senhor Deus era ter consigo a criatura que formou, em harmonia e santidade. Deu-lhe um Paraíso para viver em abundância de paz e prosperidade, mas pela desobediência, o homem entregou a satanás o Paraíso que o Senhor o contemplou, e de dominador passou a viver a condição de escravo do inimigo de Deus


E por causa do pecado, a promessa de viver eternamente estava encerrada, o homem estava definitivamente separado de Deus. Apesar da sua tristeza e frustração, Deus nunca desistiu de lhe oferecer uma nova oportunidade para reconciliá-lo, ainda que para isso houvesse derramamento de sangue. E o Senhor pagou o mais alto preço para salvar o homem do pecado e da morte, pagou o preço de sangue do seu próprio Filho.


E por isso, Jesus é o mediador de um Novo Testamento, porque Deus na sua infinita misericórdia, O entregou em sacrifício vivo, o qual nunca conheceu pecado, mas morreu por amor ao homem que abundava no pecado, para que alcançássemos a reconciliação com o Pai, a santificação, e a vida eterna.


Mas o Senhor alerta que a porta que leva a salvação é estreita e poucos são os que passarão por ela, e espaçoso é o caminho que conduz a perdição. A advertência é para que cheguemos à conscientização, que para alcançar a salvação, não basta apenas ter compromisso com a igreja, freqüentar os cultos e participar das atividades ministeriais. Para encontrarmos a Deus, é preciso muito mais, necessário é, buscar a perfeição, porque a palavra expõe claramente que sem a santificação, ninguém herdará o Paraíso do Senhor Deus, porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação. Portanto, quem despreza isto não despreza ao homem, mas sim a Deus, que nos deu também o seu Espírito Santo (I Tessalonicenses 4.7 e 8).


Para tanto, a primeira carta Universal de Pedro 1.13-16 manifesta a palavra dizendo: Sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo; Como filhos obedientes não vos conformando com as concupiscência que antes havia em vossa ignorância; Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede também santos em toda a vossa maneira de viver, porquanto está escrito: Sede santos porque eu sou santo.


E, na carta aos Gálatas 2.20, a palavra do Senhor diz: Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim.

Portanto se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra. Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus (Colossenses cap 3).

Mortificai pois os vossos membros que estão sobre a terra: A prostituição, a impureza, o apetite desordenado, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria. Pelas tais coisas vem à ira de Deus sobre os filhos da desobediência.

E revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos, e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, e se algum tiver queixa contra outro, assim como Cristo vos perdoou, assim fazei-vos também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de caridade, que é o vínculo da perfeição. E quando Cristo se manifestar, então também vós vos manifestareis com Ele em glória.

Nesta mensagem maravilhosa, o Senhor exorta a igreja à permanecer em vigília constante sobre a maneira de viver, devendo despojar-se do velho homem e das ordenanças do mundo, para que não caia na ira de Deus por causa da desobediência. Aconselha a permanecer sóbrio em todos os seus atos e buscar a santificação. Ele exemplifica e nos encoraja a imitá-lo em sua perfeição, pois somente pela santificação alcançaremos a vida eterna.

E recomenda sua a igreja a se santificar na verdade. O Evangelho é a palavra da verdade para Salvação (1º Coríntios 15.1, 2), e para alcançarmos tais promessas, purifiquemo-nos de toda imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando em santificação, pois, Deus é poderoso para vos edificar e dar herança entre todos os santificados.

Devemos sempre dar graças a Deus, por vós, irmãos amados do Senhor, por Deus vos ter elegido desde o princípio para a salvação, em santificação do espírito e fé da verdade, e vos revistais do novo homem, que, segundo Deus, é criado em verdadeira justiça e santidade.

O capítulo 5.1, 2 de Efésios descreve: Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo vos amou e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

Agora, libertos do pecado e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna (Romanos 6.22), porque qualquer que guardar toda a lei e tropeçar em um só ponto tornou-se culpado de todos (Tiago 2.10).

A palavra do Senhor na carta aos Hebreus 12.14 adverte: Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.

Irmãos meditem na dimensão da palavra do Senhor, Ele declara que sem santificação ninguém verá a Deus. Santificação é a purificação do espírito, integridade, justiça, santidade, amor, retidão e verdade. E o servo que não buscar esses dotes, certamente está fora do plano de Deus para salvação, e não herdará a vida eterna.

Porque a pessoa do crente é a anti-sala do Reino de Deus. E a pregação do Evangelho não se faz somente pela leitura da bíblia ou com palavras dóceis, mas com exemplos, testemunhos de vida, santificação e verdade.

Jesus nos elegeu para que sejamos a luz para alumiar os que andam em trevas, e advertiu que somos o sal da terra, mas se o sal se tornar insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, ser lançado fora, e pisado pelos homens.

Deus é bom, infinitamente misericordioso, amou ao mundo (o homem pecador) de tal maneira, que deu o seu Unigênito, para todo o que nele crer, não pereça e venha a herdar a vida eterna, mas é também um Deus de justiça e não toma por inocente o culpado, porque não suporta a desobediência e não tolera o pecado.

Tanto que na idolatria do deserto (Êxodo 32.30-35), ocasião em que Moisés se dirigiu ao Senhor disse-lhe: Ora, este povo pecou pecado grande, fazendo para si deuses de ouro. Agora, pois, perdoa o seu pecado; se não, peço-te, risca o meu nome do teu livro, que tens escrito. Então, disse o Senhor a Moisés: Aquele que pecar contra mim, a este riscarei eu do meu livro.

A palavra relata que Moisés era o homem mais perfeito da terra, e o amor de Deus a esse profeta, imensurável, mas o Senhor não ponderou a intercessão de Moisés pelo seu povo, e imutável ratificou: Aquele que pecar contra mim, riscarei do meu livro.

Satanás, através das suas astuciosas armadilhas, coloca no coração do servo de Deus, a confiança que ele é especial e privilegiado, e que poderá praticar atos pecaminosos porque o Senhor sempre irá perdoá-lo. Isso é uma inspiração demoníaca, e caso aperceba esse sentimento, não os pratique porque é uma cilada fatal.

Às vezes, é algo aparentemente inofensivo, insignificante, mas Deus vê o pecado por dimensão. A desobediência é pecado e encerrou. O que passar da verdade que Cristo ensinou é de procedência maligna, e se pecar contra Deus, não se tenha dúvida, Ele riscará mesmo o nome do livro da vida. Observe a citação da palavra:

Se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados (Hebreus 10.26).

Portanto, amados em Cristo, vigiar e orar, e estejam atentos quanto à emboscada do inimigo, e não confie em tudo que o homem disser, sem que busque nos mandamentos de Cristo a sua verdade.

Andai em santificação segundo a vontade do Poderoso Deus e Eterno Pai, até o grande e terrível dia da aparição do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, para galardoar aos que guardam os seus mandamentos e fazem a sua vontade, para herdar a salvação e passar a eternidade num lugar onde não haverá mais pranto, nem morte, nem dor, nem clamor, porque as primeiras coisas já se passaram.

Deus seja louvado e o seu nome eternamente glorificado
Em Cristo,com amor

Mostra-me Tua Glória

Alda Célia

Santifica-me

  Purifica-me, Senhor

  Sem santificação ninguém verá a ti

eu quero te ver

Santifica-me

  purifica-me, Senhor

  Sem santificação ninguém verá a ti

  E eu quero te ver, te adorar

  Quero te contemplar no santíssimo lugar

Mostra-me tua glória

  Mostra-me teu rosto

  Mostra-me tua face

  Amado meu

  Tu és a minha vida,

  O ar que eu respiro,

  O pão que me alimenta

  É tua presença

  É tua essência em mim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email

PREGAÇÕES EM DVD

PRESENTEIE A QUEM VOCÊ AMA,EVANGELIZANDO COM AS MENSAGENS DOS NOSSOS CULTOS,FAÇA SEU PEDIDO ATRAVÉS DO NOSSO SITE www.igrejacvv.com.br. PARTICIPE DO NOSSO MINISTÉRIO!

ACESSE NOSSO SITE

www.igrejacvv.com.br E ASSISTA CULTOS ON LINE

Sobre nós

A Igreja Pentecostal Caminho, Verdade e Vida é uma instituição inspirada por DEUS para alcançar os corações das ovelhas perdidas da casa de Israel por toda a face da terra.
Com o evento da criação do Ministério Caminho, Verdade e Vida, o Senhor JESUS revelou ao coração do presidente Pastor Gilberto Luiz Chaves o seguimento das três portas do Santuário que Moisés realizava para a adoração do SENHOR DEUS durante o trajeto do êxodo do povo de Israel pelo deserto.
O santuário era composto com três seções para adoração, onde uma delas apenas ao sumo sacerdote era permitido pelo poderoso DEUS adentrar em adoração; A cada seção do santuário havia uma porta .
Hoje com a Graça de DEUS através de seu filho unigênito JESUS CRISTO, essas portas foram substituídas pela GRAÇA DE CRISTO QUE LEVOU SOBRE SI AS NOSSAS DORES E AFLIÇÕES, e a cada porta daquele santuário de outrora, hoje conhecemos que a 1ª porta do santuário é o CAMINHO, a 2ª porta do santuário é a VERDADE, finalmente a 3ª porta do Santuário é a VIDA.
Assim, JESUS é o Caminho e a Verdade e a Vida, como diz no Evangelho de João 14: 6, o santuário vivo do Poderoso DEUS, onde toda a adoração é devida a ele, pois, diz a sua palavra:
“Ninguém vem ao Pai senão por mim”
Desta forma Pastor Gilberto Luiz Chaves teve inspiração de DEUS a denominar A Igreja Pentecostal Caminho Verdade e Vida para realização de trabalho de evangelização e divulgação das Boas Novas a todas as criaturas dispostas a encontrar o SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO.
Pastor Gilberto Luiz Chaves é advogado militante com especialização em advocacia Previdenciária, formado desde 1985, exerce suas atividades profissionais seculares regularmente com escritório fixo há mais de 13 anos no mesmo local; foi batizado em 20 de junho de 1990 no Rio Jororó iniciando seu Ministério de Diaconato, quando em 2006 foi consagrado Evangelista pelo Pastor Oscar Luiz de Oliveira Presidente da Assembléia de DEUS Fonte de Amor donde concluiu então o Curso de bacharel em Teologia da Faculdade de Educação Teológica do Estado de São Paulo em 2007, iniciando o Ministério Pastoral.
A igreja Pentecostal Caminho, Verdade e Vida detém a valorosa contribuição do Pastor NELCY CHAVES, regularmente inscrito na ORDEM DOS MINSTROS DO BRASIL, homem de fé com mais de 20 anos de Ministério já Pastoreou nas Igrejas Missionária Cristã, Comunidade Ramá, Assembléia de DEUS em Gramacho e agora com mais de 80 anos de idade é colocado como ESTACA DE ORIENTAÇÃO USADO PELO PODEROSO DEUS.
A igreja Pentecostal Caminho, Verdade e Vida esta nos braços do SENHOR JESUS a esperar por todos os cansados e oprimidos para a divulgação das boas novas, pois, disse JESUS:
Mateus 11:28
Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.







Arquivo do blog