Total de visualizações de página

sábado, 31 de março de 2012

NÃO ESTEJAMOS APREENSIVOS

E disse aos seus discípulos: Portanto, vos digo: não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. Mais é a vida do que o sustento, e o corpo, mais do que as vestes.


Lucas 12.22,23


Esse foi o conselho dado por Jesus aos Seus discípulos. É preciso saber que existem ensinamentos que o Senhor dá a todos, e outros que Ele concede àqueles que O têm como Mestre. Por isso, os que estão no discipulado divino devem, de pronto, aceitar a lição, obedecendo em tudo ao que foi dito; desse modo, terão a aprovação de Deus. No entanto, se deixarem de lado o que o Senhor lhes ensina, provavelmente, não entenderão mais nada do que Ele ministrará.


A lição é clara: não devemos ficar apreensivos pela nossa vida. Quem vive angustiado com os assuntos deste mundo pode adquirir, dentre outros males, sérios problemas de saúde. A preocupação é uma arma poderosa do inimigo, enviada para causar um prejuízo tremendo ao ser humano. Já os que confiam no Altíssimo veem sua capacidade de aprender aumentada. Além disso, o Pai deseja que eles creiam no fato de que Ele é Deus mais do que suficiente para abençoá-los.


Por isso, não gaste seu tempo nem suas energias aflito com o que lhe pode suceder, pois Deus toma conta dos mínimos detalhes da vida daqueles que depositam a confiança nEle. Na verdade, um genuíno servo do Altíssimo jamais dirá estar arrependido de ter confiado no Pai celestial.


Aqueles que obedecem a Deus descobrem que Ele é fiel em suprir todas as necessidades em glória (Fp 4.19). Entretanto, os que sempre se acham precavidos e apreensivos, um dia, verão tardiamente que foram enganados pelo maligno. Ora, toda rebelião à Palavra de Deus tem sua origem no diabo. Por certo, os sábios deste mundo aconselharão as pessoas a tomarem posições aparentemente prudentes, mas, que, na verdade, provêm do inimigo. Contudo, os únicos que podem beber da Fonte salutar são os que servem ao Altíssimo.


De posse das palavras de Jesus, você deve festejar o que Deus tem feito em sua vida e contemplar tudo o mais que Ele tem para lhe dar. Mas atenção: não é fazer festas nos moldes do mundo nem participar de comemorações que não agradem ao Pai. É preciso celebrar de maneira limpa e produtiva, a fim de louvar o Altíssimo. As festas no Céu sempre fazem um grande bem à alma, maior do que se pode prever, pois elas trazem a alegria do Senhor, que, segundo a Palavra, é a nossa força (Ne 8.10).


Decida ser discípulo do Mestre dos mestres e veja o quanto Ele operará em seu favor. Os que desprezam os conselhos do Senhor, bem mais cedo do que pensam, haverão de chorar pela estupidez que tiveram em não aceitar a direção divina. Sem dúvida, é muito melhor obedecer ao que Jesus ensina, pois, além de ser verdade, Sua Palavra é espírito e vida (Jo 6.63).


Em Cristo, com amor,

sexta-feira, 30 de março de 2012

OS ENSINAMENTOS DE PAULO

Expondo e demonstrando que convinha que o Cristo padecesse e ressuscitasse dos mortos. E este Jesus, que vos anuncio, dizia ele, é o Cristo.


Atos 17.3


O apóstolo Paulo foi muito usado pelo Senhor para doutrinar a Igreja cristã. Em seu ministério pessoal junto aos judeus, ele expunha e demonstrava o sofrimento de Jesus. Da mesma maneira, é preciso que demonstremos a importância de Jesus ser o Cristo, pois a fé para operar os milagres origina-se nesse conhecimento. Devemos dar essa Boa Notícia aos perdidos e a todos os que padecem, trazendo de volta ao nosso meio o Deus que opera milagres.


Apesar de ter sido usado como ninguém no ordenamento doutrinário da recém-criada Igreja cristã, o apóstolo não desprezou o ministério de falar face a face com o povo de Deus. Ele sabia a importância de levar ao coração das pessoas o entendimento da obra que o Filho de Deus fez em nosso favor. Na verdade, foi o Senhor quem mandou que ensinássemos aos salvos a guardarem os mandamentos dados por Ele.
Paulo, em seu ministério, não viu Jesus encarnado; no entanto, ao aprender que Ele era o cumprimento de todas as promessas, esforçava-se para que os judeus entendessem o sofrimento de Cristo. Por compreender a importância desse fato, ele se esmerava em transmiti-lo ao povo eleito. Temos de aprender e fazer o mesmo que o apóstolo fazia.


A informação divina registrada nas Escrituras diz que o homem de nossos dias deve aprender que o Deus da Bíblia é o mesmo em todos os tempos (Hb 13.8). O propósito do Senhor é convencer-nos de que Jesus é o Cristo, o Salvador da humanidade, o qual veio para nos libertar completamente do cativeiro satânico. Em Seus ensinamentos, há tudo de que precisamos para vencer os problemas do dia a dia.


Não haverá manifestação do poder de Deus se a Verdade não for pregada mediante o Espírito Santo. A fé que trará de volta os milagres se revela na proporção que aprendemos o que consiste a obra de Jesus em nosso favor. São informações simples, porém poderosas, que proporcionarão às pessoas as mais importantes bênçãos que, um dia, sacudiram o mundo. Desse modo, teremos o mesmo poder em nossas mãos.


Não há obra maior do que esta: propagar as Boas Notícias aos perdidos e aos sofredores. Com isso, as pessoas conseguem fé para se libertar das doenças, das drogas, da prostituição e todos os pecados. Estamos no tempo de ver as mesmas operações do poder divino que realizava maravilhas no passado. 


É preciso trazer de volta ao nosso meio o Deus que opera milagres. Ele é imutável e, por isso, se O trouxermos, veremos surdos, mudos, paralíticos, cegos e demais sofredores curados milagrosamente. A falta do Senhor em nossos dias se dá pela ausência de conhecimento de que Jesus é, de fato, o Cristo – o Salvador.


Em Cristo, com amor,

quinta-feira, 29 de março de 2012

UM SEGREDO IMPORTANTE

Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança, porque fiel é o que prometeu.


Hebreus 10.23


Nem sempre as coisas funcionam como queremos, e, quando isso ocorre, o melhor é reter a confissão da nossa esperança: de que Ele cumprirá tudo o que prometeu em Sua Palavra. Por maiores que sejam as promessas do Senhor e por mais impossível que pareça a confirmação delas, confie em Deus. Ele é fiel, e, por isso, realizará tudo o que prometeu a nosso respeito.


Se você anseia que sua vontade seja feita na hora que sente o desejo, ainda não deixou de ser imaturo espiritualmente (Ef 4.13,14). Ao fazer isso, mostra-se igual aos pequeninos mimados, os quais ficam emburrados se os pais não satisfazem seus desejos logo que são manifestos. Ora, se Deus não o atende em alguma coisa, provavelmente Ele o faz para seu bem.


Quando não tiver a resposta que gostaria de receber, examine seu coração e veja se aquilo realmente foi prometido pelo Senhor. É bom também verificar se não há pecado em sua vida, pois ele o afasta de Deus. Se as pessoas fossem atendidas quando tivessem transgredido, sem dúvida, justificariam seus erros, dizendo que o Pai aprova a conduta delas, pois Ele sabe das suas necessidades, e que, no caso delas, aquilo não é pecado.


Se a bênção demora a aparecer, a orientação do Espírito Santo é que retenhamos a confissão da esperança; com isso, nós nos fortalecemos, e as barreiras do inimigo vão sendo derrubadas. Quando a fé surgir forte em seu coração, bastará apenas uma palavra de ordem, pronunciada em Nome de Jesus, para que se materialize aquilo de que você necessita. Seu direito ao que Jesus nos comprou será sempre assegurado!


A esperança que brotou em nosso coração por ouvir a Palavra de Deus nos garante que o Altíssimo cumprirá tudo o que tem prometido. Algumas vezes, teremos de fazer o mesmo que Daniel, o qual precisou de 21 dias de oração e jejum para que um arcanjo de Deus viesse e derrotasse o demônio opositor (Dn 10.13). O certo é que o Senhor irá assisti-lo sempre que for preciso. 


A promessa que lhe foi feita pode ser grande. A sua realização pode parecer impossível, mas, se você a conseguiu pela divina Palavra, não será derrotado; ao contrário, verá a confirmação dela, tão logo as condições estabelecidas nas Escrituras sejam cumpridas. Deus é fiel e jamais negará o que tem prometido.


Sendo cristãos, nascidos de novo, fazemos parte do Corpo de Cristo e, por isso, podemos dizer que somos parte de Deus também. Não há por que o Pai não nos abençoar com tudo o que nos foi preparado. Não seja preguiçoso em aprender seus direitos em Cristo nem medroso em reivindicá-los! Eis um segredo importante para guiar sua caminhada na fé! Ponha em prática tudo o que lê na Palavra. 


Em Cristo, com amor,

quarta-feira, 28 de março de 2012

ESCOLA BÍBLICA março 2012

É BOM BENDIZER SEMPRE

Nem tampouco os que passam dizem: A bênção do SENHOR seja sobre vós! Nós vos abençoamos em nome do SENHOR!


Salmo 129.8


Há filhos de Deus que, pelo modo como vivem, não parecem ser membros da família divina, pois a maneira de falar e agir é bem diferente do padrão bíblico. Precisamos ser alegres, bem dispostos, e ter sempre uma mensagem da parte do Senhor para transmitir aos outros. Até mesmo os nossos gestos têm de falar do amor do Pai; com isso, conseguiremos fazer o bem para um incontável número de pessoas.


É sempre bom abençoar. Muitas vezes, há indivíduos que estão debaixo de uma grande provação e, quando ouvem um servo de Deus abençoá-los, a saudação de fé os levanta e, assim, eles conseguem obter a vitória sobre o mal que os cerca. Sabendo disso, jamais permita que o inimigo o use para amaldiçoar alguém, ou mesmo rir da sorte daqueles que, por não conhecerem a Palavra, vivem como o diabo gosta.


Por outro lado, fica a pergunta: por que não ministrarmos a bênção se tudo o que determinarmos em Nome de Jesus Ele próprio fará? Não haverá uma vez sequer que o filho de Deus abra a boca e o Senhor não confirme o que ele diz com Seu poder. O Altíssimo só precisa que ocupemos o nosso lugar determinado em Cristo para que Ele possa fazer o que prometeu. O Todo-Poderoso jamais falha em qualquer das Suas promessas.


Agora, é preciso prestar atenção ao modo como abençoamos, pois tal bênção sem fé não passa de uma saudação. Na verdade, a palavra que liberarmos a alguém deve ser sempre pela fé, a qual nos é fornecida por meio das Escrituras. Ora, está escrito que sem fé é impossível agradar a Deus (Hb 11.6). Por isso, agir pelo impulso humano não traz solução! Ainda que haja uma melhora significativa na vida de uma pessoa atormentada por um espírito maligno, se este não sair, de fato, pela palavra da fé, ele voltará com mais sete piores do que ele (Mt 12.43-45).


Note que a promessa feita por Deus tem efeito somente quando agimos em Nome de Jesus, o qual nos dá a capacidade para cumprirmos a vontade divina e ordenarmos ao mal que saia. Se agirmos nesse Nome, seremos atendidos do mesmo modo que o Mestre seria se tivesse dado a ordem pessoalmente. Quando ministramos em Nome de Jesus, o poder do Altíssimo opera da mesma maneira que atuava antes, mediante as ordens de Cristo.


A melhor coisa que você pode fazer pela humanidade é tornar-se um semeador de boas-novas. Aqueles que não derem ouvidos ao que o Senhor os move a realizar serão condenados pelo pecado da omissão, como aconteceu com a aldeia de Meroz (Jz 5.23), a qual não se envolveu na luta que Deus travava contra o império das trevas.


Então, sempre tenha palavras abençoadoras em seus lábios, pois elas têm poder. Não importa a quem, nem que sofrimento um indivíduo tenha; ao dar a ordem em Nome do Senhor, você põe o maligno para correr, e, assim, a obra divina é realizada. O Pai está à procura de parceiros que executem Sua vontade nos dias de hoje.


Em Cristo, com amor,

terça-feira, 27 de março de 2012

A Fuga

VOCÊ TEM O ESPÍRITO DA VITÓRIA

Porque não recebestes o espírito de escravidão, para, outra vez, estardes em temor, mas recebestes o espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.


Romanos 8.15


Quando houve a queda de Adão, o espírito do homem foi desligado de Deus e, com a vinda da morte – a natureza do diabo –, o ser humano ficou cheio de medo, dominado pelo espírito da escravidão. Com o novo nascimento, o Senhor nos deu o espírito de adoção; assim, voltamos a ter comunhão com Ele. A nossa posição hoje é melhor do que a que Adão possuía antes do pecado, pois nos tornamos filhos do Onipotente Deus.


Antes da nossa conversão, só havia indignidade, pois estávamos debaixo da autoridade do maligno, que nos oprimia a seu bel-prazer. No entanto, com a recriação, passamos a ser novas criaturas e, por isso, não temos de nos submeter a nenhum capricho do diabo. Agora, falta-nos apenas assumir a nossa filiação e fazer valer os nossos direitos em Cristo.


Portanto, não esteja mais em temor. Tire do seu coração todo sentimento de indignidade; agora, você é filho do Altíssimo, e não há quem possa separá-lo do amor de Deus. Ainda que tenha caído e, por isso, sinta que não tem condição de enfrentar o inimigo, não fique se lamentando; levante-se, confesse seus pecados e assuma sua nova posição em Cristo Jesus.


Sendo um servo do Senhor, não se submeta ao império do mal, pois o espírito da escravidão foi vencido, para você ser um filho de Deus inculpável no meio de uma geração corrompida. Passe a brilhar como luz em meio às trevas que envolvem os perdidos e como sal que não deixa a humanidade estragar-se de vez (Mt 5.13). Deus espera que cada um dos Seus filhos seja a bênção que Ele os fez ser em Jesus.


Por ter recebido o espírito de adoção, você pode chamar de Pai o único e verdadeiro Deus. Isso significa que você é especial, pois foi feito filho dAquele que detém todo o poder. Essa relação lhe dá a capacidade de ser guardado de todo mal. A verdade é que o membro na família divina não precisa fazer coisa alguma para desfrutar da proteção, a não ser acreditar que é filho do Senhor, o qual é absoluto em tudo; portanto, aja como tal!


Não é compreensível que alguém nascido de novo deixe o pecado dominar sua vida. Não deixe que isso ocorra com você, pois é assim que o inimigo age para privá-lo dos seus direitos. Com o pecado vem a separação de Deus, e, então, o inimigo tem condições de voltar a oprimir você.


Dirija-se, agora, a Deus e chame-o de Aba, que significa Pai. Creia que, como tal, Ele não deixará de lhe atender. Você tem acesso a tudo o que Ele possui, quer seja paz, perdão, cura, ou qualquer outra bênção. Acerte-se com o Senhor e passe a usufruir do que você tem necessidade, pois sua filiação na família divina lhe dá essa prerrogativa.


Em Cristo, com amor,

segunda-feira, 26 de março de 2012

DESCULPAS QUE NÃO COLAM

Então, disse eu: Ah! Senhor JEOVÁ! Eis que não sei falar; porque sou uma criança.


Jeremias 1.6


A paciência do Senhor é muito grande, e o Seu amor é maior ainda, por isso não somos consumidos pela Sua ira. É questão de inteligência, pois, ao nos chamar, o nosso Deus o faz depois de ter examinado tudo e chegado à conclusão de que, com Seu poder operando em nós, a obra que Ele deseja que façamos será realizada. No entanto, o diabo sempre se esforçará em nos dizer que não temos condições de cumprir o plano divino.


Uma negativa à chamada do Altíssimo, além de ser a maior insensatez que alguém pode praticar contra si mesmo, soa como uma declaração de que não acreditamos que Ele é Pai e de que Ele não sabe o que é certo para Seus filhos. O Senhor jamais diria algo que não fosse o melhor para a nossa vida. Por conhecer todas as coisas e também todos os detalhes, Deus escolhe o melhor para que façamos.


O homem é mestre em dar desculpas. Jeremias se valeu do fato de ser novo, mas isso não foi aceito pelo Senhor. Atrás de suas palavras, estava uma inspiração diabólica. O inimigo, por certo, não queria que ele realizasse algo de bom para o Reino de Deus, pois, se o fizesse, certamente causaria prejuízo aos planos malignos e, além disso, ele seria recompensado. Fique atento, porque o diabo tentará tirar você da vontade divina.


Na verdade, o Inferno já vem, há muito tempo, abrindo os olhos das pessoas para coisas irreais, fazendo, por exemplo, com que elas achem que têm um nariz torto ou grande demais, dentre outros defeitos. Por causa disso, não conseguem ser felizes nem fazer algo que outros, com autoestima, realizam. Quem quiser vencer na vida precisa aprender a obedecer ao Senhor e não dar atenção às mentiras do diabo.


“Não sei falar”; “Não tenho saúde”; “Não estudei o bastante”; “Não sei me comportar no meio de pessoas famosas”; “Sou pobre”; “Sou de tal região”; “Minha descendência nunca conseguiu fazer algo expressivo”. Essas desculpas e tantas outras, quando usadas, roubam de você a chance de cumprir o plano que irá realizá-lo aqui, na Terra, e lhe concederá a maior felicidade na eternidade. Não acredite em nada que lhe dizem, a não ser no que fala o Senhor.


Todo filho de Deus deve ser firme e intrépido na fé. Além disso, deve convencer-se de que ele é o que o Altíssimo diz, possui o que a Palavra declara pertencer e pode fazer as mesmas obras que Jesus fazia. Sabendo disso, jamais deixe que a covardia, o medo ou algum sentimento de derrota tome conta da sua vida.


Somos continuadores da obra começada por Cristo. Ele veio para trazer o Reino de Deus aos homens e, antes de partir para os Céus, de onde viera, ordenou que Seus discípulos pregassem a Boa Notícia a todas as pessoas (Mc 16.15). Portanto, nunca dê desculpas ao que Deus lhe ordena, pois elas não colam.


Em Cristo, com amor,

quinta-feira, 22 de março de 2012

Uma Questão d3e Fé

Escola Bíblica x264

POR CAUSA DOS INIMIGOS

SENHOR, guia-me na tua justiça, por causa dos meus inimigos; aplana diante de mim o teu caminho.


Salmo 5.8


Por direção divina, o rei Davi fez essa oração e, depois, por ordem do Espírito Santo, ele a escreveu para que fosse para nós como um mapa do que deve ser feito, a fim de que encontremos a solução dos nossos problemas. O inimigo não nos dará trégua e, para que não se cumpra seu desejo imundo, temos de ser guiados pela justiça do Senhor. A obra que Cristo realizou no Calvário nos livrará do furor do adversário.


A justiça de Deus nos concede libertação completa, pois Jesus, que a realizou, sofreu toda a nossa condenação. Não importa o que o esteja tentando, ou o que o diabo já conseguiu fazer de mal em você; ao entender que sua libertação ocorrerá pela obra realizada pelo Mestre em seu favor, assuma seu lugar em Cristo e, assim, fique livre de todas as tentativas do império da maldade.


Os nossos inimigos são os demônios, os quais teimam em dizer que não conseguiremos livrar-nos de suas ações. Eles procuram tentar-nos com os mais sujos pecados e, mesmo que tenhamos resistido às suas investidas, eles colocam em nossa mente que o simples fato de termos sofrido a tentação já significa que caímos. Ora, o Senhor Jesus, por exemplo, foi tentado em tudo, porém jamais pecou (Hb 4.15). Na verdade, o cristão precisa conhecer seus direitos em Cristo, a fim de que não se deixe levar pelo engano do diabo nem esfrie na fé.


Nada do que os agentes do Inferno falam é verdade. O segredo para não deixar os pensamentos do maligno se instalarem em sua mente é firmar-se no que diz a Palavra de Deus. Dessa maneira, a fé voltará ao seu coração, e você poderá caminhar livremente. Do diabo só vem o que não presta, e tudo o que ele faz é enganoso; por isso, nunca dê a ele a menor atenção.


Lembre-se sempre do sofrimento de Jesus: Ele levou as nossas doenças, os nossos pecados e o castigo que nos traz a paz (Is 53.5). Não se submeta a nenhuma obra de Satanás. Saiba que, caso se desligue da justiça divina, você estará nas mãos do diabo; porém, firmando-se na revelação da Palavra, você se colocará nas mãos do Onipotente, onde o maligno jamais conseguirá oprimi-lo ou fazê-lo sofrer.


Ao pedir que o Altíssimo aplanasse o caminho divino perante ele, o salmista não estava dizendo que a vereda de Deus era tortuosa, mas que ele não conseguia enxergá-la de modo claro. De fato, se não for com a ajuda do Pai, nenhum mortal conseguirá ver tal caminho. Ele pediu que o Senhor guiasse seus olhos para que pudesse ver a estrada do bem e do sucesso. Quem faz a mesma oração não conhecerá o fracasso.


Precisamos também fazer tal oração sempre; do contrário, não conseguiremos avançar na vida espiritual. Somente com a ajuda divina, veremos a mesma trilha usada pelo nosso Deus e andaremos por ela. Uma vez tendo os olhos clareados, ou o caminho aplanado diante de nós, não tropeçaremos, mas, sim, acertaremos os passos.


Em Cristo, com amor,

quarta-feira, 21 de março de 2012

O QUE A INVEJA PODE FAZER EM VOCÊ

Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; pouco faltou para que escorregassem os meus passos. Pois eu tinha inveja dos soberbos, ao ver a prosperidade dos ímpios.


Salmo 73.2,3


O diabo sabe que não pode entrar na vida de quem é nascido de novo, mas ele tudo faz para que os santos realizem o que lhe agrada. Satanás tenta todos de várias formas. Alguns são induzidos a cometerem adultério; outros, a serem desonestos, mentirem, odiarem, ou a invejarem os ímpios, que, aparentemente, prosperam muito. O sinal de que alguém, de fato, está prosperando se vê no temor que este tem ao Senhor.


Os pés do salmista, que era homem de Deus, quase resvalaram, e a causa era a inveja que ele sentia dos ímpios. Se você colocar os olhos na maneira como os ímpios vivem, jamais desejará o que eles têm. Alguns, na verdade, estão na posse de bens materiais, mas isso não significa que vivam bem. Em muitos casos, o que conseguem não é com boa mão, e, por isso, sofrem dores de consciência e sempre estão sobressaltados com o que lhes pode sobrevir.


A pessoa que deseja o que possuem os ímpios está aproximando-se da queda. Saiba que o melhor da vida é andar com Deus, ser firme na fé e estar pronto para morar no Céu, quando chegar a hora. Quem serve ao Altíssimo abomina qualquer oferta do diabo, ainda que seja para ganhar toda a glória do mundo. Foi isso que Jesus fez ao recusar a oferta do maligno (Mt 4.9,10).


Não deixe nada do diabo despertar o desejo de praticar o que é errado, como fez com Eva. Ao ser instigada por Satanás, ela viu que o fruto era agradável aos olhos, desejável para dar entendimento e bom para ser comido. Logo a seguir, Eva tomou o fruto e o comeu; depois, deu o fruto para o marido comer, e, assim, Adão o fez. Desse modo, o pecado entrou no mundo e, com ele, a morte – a natureza de Satanás.


Quem se deixar levar pela lábia do inimigo também chegará perto da destruição e, se não sair rápido de onde se encontra, cometerá grande traição e, com isso, terá aberto a porta para Satanás entrar. Para que isso não ocorra, seja firme na fé e não aceite sugestão alguma do pai da mentira (Jo 8.44), pois o desejo dele é tê-lo nas mãos. Não troque a salvação e a segurança em Cristo por nada que o maligno lhe ofereça.


O cristão já foi liberto de toda ação maligna. O Pai o trouxe para Seu Reino de amor e paz e, com Ele, só terá felicidade. Se for plano divino que você prospere, Deus lhe abrirá as portas. Se o Criador tiver outro propósito para sua vida, aceite-o com alegria, pois o que o Altíssimo lhe tem preparado é o melhor que você poderá desfrutar.


Provavelmente, muitos dos meus amigos estão na mesma posição do salmista. Os seus passos estão quase escorregando, prontos para descerem à cova. Se isso acontecer, o futuro deles será tenebroso. Por outro lado, quem ama Jesus não se deixa levar por nada do inimigo e, por isso, haverá de passar a eternidade ao lado do Salvador na Glória.


Em Cristo, com amor,

terça-feira, 20 de março de 2012

DEUS É BOM

Verdadeiramente, bom é Deus para com Israel, para com os limpos de coração.


Salmo 73.1


A grande mensagem desse versículo é que o Senhor é bom em tudo o que fala, promete e realiza. Suas obras não são feitas com imperícia nem negligência, mas com perfeição. Seu amor é completo em todos os sentidos, e Seus conselhos são os melhores que alguém poderia dar. Não há nenhuma obra dEle que precise ser mudada, pois são operadas por Aquele que em tudo é perfeito.


O Altíssimo era bom com Israel. Essa nação, a qual se originava de Abraão e havia recebido a palavra de que seus descendentes seriam abençoados, formava o povo da promessa. Em toda a história de Israel, a mão divina agiu em favor dos israelitas. Sempre que procuravam o Altíssimo, por causa da Sua Aliança, o Todo-Poderoso ia ao encontro deles com poder para ajudá-los a se livrarem dos inimigos.


Os cristãos são o Israel de hoje, o qual era símbolo da Igreja do Senhor Jesus. Os servos de Deus do passado experimentaram com os povos que viviam ao seu derredor o que passamos com as provações sofridas no presente. Então, em sua angústia, eles clamavam a Deus, o qual os socorria.


Hoje, se também recorrermos a Ele, aquilo de que precisamos nos será suprido. Para isso, temos de aprender o segredo para sermos atendidos: ter o coração limpo. Ser limpo de coração é condição para o Pai operar em nós. Por ser santo, completamente separado do erro, o Senhor não tem como agir em favor de quem não Lhe serve na santidade, porque a existência do pecado faz com que a face dEle se esconda do ser humano. O povo de Israel aprendeu que, após se despir de seus pecados, deveria lutar contra as forças do mal sem o menor temor de que poderia ser derrotado.


O que é ser limpo de coração? Existem pessoas que se têm esforçado muito para ter o coração sem mácula; no entanto, o que elas não sabem é que, para isso, basta observar o que a bendita Palavra está a lhes falar e, com isso, consertar suas atitudes. Quem assim fizer não perderá batalha alguma. Aquele que é puro sempre é bom com todos, não leva nada de mal a sério e perdoa a quem o tem ofendido.


Os limpos de coração experimentam o melhor de Deus, pois Lhe agradam muito com suas intenções. Estes não desconfiam dos outros, amam sem interesse mesquinho e, quando são ofendidos, não respondem na mesma altura da agressão. Porém, com fé e determinação, seguem o caminho traçado pelo Espírito Santo.
O que o Pai faz por uma pessoa mostra como está o coração dela, e os que estiverem no erro jamais serão atendidos pelo Altíssimo. Quem ainda não se deu ao Senhor verá que sua relutância em se converter é um dos golpes bem-sucedidos do maligno contra sua alma. Com isso, tal indivíduo perderá o melhor que a fé em Jesus tem a lhes dar – a salvação.


Em Cristo, com amor,

segunda-feira, 19 de março de 2012

SÓ O SENHOR SALVA


Não confieis em príncipes nem em filhos de homens, em quem não há salvação. Sai-lhes o espírito, e eles tornam para sua terra; naquele mesmo dia, perecem os seus pensamentos.


Salmo 146.3,4


Grande erro comete quem confia nos expoentes da sociedade para obter solução dos males que o aflige, pois somente o Senhor pode fazer isso. Há indivíduos usados como instrumentos da operação do bem, mas jamais podem ser considerados a saída para as adversidades. Quem é ajudado por eles deve atribuir a Deus a autoria da obra realizada; caso contrário, ficará sem auxílio quando precisar.


Existe apenas um Senhor, que, além de absoluto e único, não dá a ninguém o Seu louvor. O Altíssimo opera em todas as áreas do nosso viver e, para vê-lO agindo, basta pedirmos Seu favor. Ora, peca aquele que agradece ao instrumento, e não ao Operador. Saiba que o pecado se interpõe entre o homem e o Criador, cobrindo a face de Deus para que Este não o ouça.


Não há salvação em quem quer que seja. Nenhuma religião tem o poder de derrotar as forças do mal; nem mesmo Satanás, o qual possui capacidade para fazer o mal, não é todo-poderoso. O Altíssimo é o único que nos pode socorrer e solucionar nossos problemas. Ao nos orientar a não confiarmos em qualquer outra fonte, o Pai não está tendo um ataque de ciúme, mas demonstrando Seu amor, pois não quer que trabalhemos em vão.


É preciso que olhemos para a História da humanidade e verifiquemos que nunca houve, em época alguma, pessoa, filosofia, doutrina, regras religiosas nem qualquer outro recurso que tenham dado cabo do sofrimento do homem. Todas as tentativas se mostraram paliativas, ou inúteis. Porém, quando o homem se voltou para Deus e, confiando em Sua Palavra, orou, foi atendido em seu pleito.


Muitas pessoas agem como se fossem eternas, sem pensar que a vida delas pode acabar a qualquer momento. Por terem conseguido alguma instrução, há quem se considere melhor do que os outros; porém, quando seu espírito sair, seus pensamentos perecerão. Todo o conhecimento secular perecerá no momento da morte, mas o que aprendemos com a Palavra de Deus nos acompanhará.


A salvação do homem está em Jesus, o Filho de Deus, o qual veio para nos livrar da queda de Adão, que nos separava do nosso Pai. O Senhor é a Pessoa de Deus que criou todas as coisas e é o único detentor do conhecimento que nos livra dos problemas ou sofrimentos. O melhor é que Ele Se colocou à disposição de quem crê em Sua Palavra.


Não importa o problema que aflige você ou sua família; Deus operará em seu favor se O buscar com todo o seu coração, com toda a sua alma e com todas as usas forças. No entanto, não deixe espaço para a dúvida ou alguma operação do inimigo. O Altíssimo não divide Sua glória com ninguém (Is 42.8).


Em Cristo, com amor,

sábado, 17 de março de 2012

BOA NOTÍCIA AOS CAÍDOS

O SENHOR sustenta a todos os que caem e levanta a todos os abatidos.


Salmo 145.14


O Evangelho ilumina o coração de quem Lhe dá ouvido e, ao mesmo tempo, traz alegria e segurança, que não são encontradas em outro lugar. As religiões são cruéis, pois seus preceitos e suas regras, além de conterem cargas pesadíssimas para seus adeptos praticarem, ainda trazem condenação aos que caem. Os membros de qualquer religião fariam um grande bem para si se ficassem longe dos líderes quando errassem.


Somente a Palavra de Deus conhece o amor, a compaixão, a misericórdia e o perdão. Veja que não se trata de religião, mas da Boa Notícia do que Deus é, do que Jesus fez pelo homem e do que o amor divino fará por aquele que precisar dele. O Evangelho é tudo aquilo de que o ser humano precisa para viver livre de qualquer condenação. Sua mensagem é música para a alma e, ao mesmo tempo, o poder de Deus em ação.


A teologia morta ensina que aqueles que caem são lançados imediatamente nas mãos do diabo; porém, a verdade é que não há nada mais falso do que essa afirmação. Se o caído não se arrepender nem buscar o perdão divino, ele irá afundar-se ainda mais, até que o inimigo assuma completamente o controle de sua vida. Entretanto, o Senhor não irá abandoná-lo, pois sempre sustenta todos aqueles que se iludem com as mentiras do diabo.


O adversário não pode, de pronto, dominar a pessoa enganada por ele, pois, enquanto ela estiver caída, o Espírito Santo a sustentará, convencendo-a do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.7,8). O Altíssimo sabe que muitos tropeçam por não conhecerem Sua Palavra e, caso os abandonassem, o maligno iria levá-los para tão longe, que não conseguiriam voltar.


O nosso Pai é paciente e amoroso ao mesmo tempo. É claro que Ele não gostaria que pecássemos, pois nos sujaríamos e, sem dúvida, perderíamos muitas bênçãos. Contudo, infelizmente, muitos não resistirão às tentações e darão ouvidos aos espíritos enganadores. Porém, mesmo a nossa queda sendo contra a vontade divina, o Senhor nos guarda, protege e, ainda que caiamos, Ele não desiste de nós.


Além de estender a mão para os que tropeçam e caem, o Altíssimo os levanta. Não importa a queda que alguém tenha sofrido, o Senhor o levantará e o colocará de pé. Sem dúvida, Ele fará o que for necessário para não deixar que os Seus permaneçam na lama. Somente quem for ímpio não aceitará a ajuda divina; sem ela, não há como se levantar.


Se o prezado irmão se sente triste por algo que fez e, com isso, sabe que está caído, tendo em vista que a comunhão com o Senhor está rompida, você pode arrepender-se agora e buscar o perdão divino. O Altíssimo está triste com seu erro, mas, ao mesmo tempo, Ele Se oferece para erguê-lo. Segure a mão de Deus e volte à sua comunhão com Ele.


Em Cristo, com amor,

Follow by Email

PREGAÇÕES EM DVD

PRESENTEIE A QUEM VOCÊ AMA,EVANGELIZANDO COM AS MENSAGENS DOS NOSSOS CULTOS,FAÇA SEU PEDIDO ATRAVÉS DO NOSSO SITE www.igrejacvv.com.br. PARTICIPE DO NOSSO MINISTÉRIO!

ACESSE NOSSO SITE

www.igrejacvv.com.br E ASSISTA CULTOS ON LINE

Sobre nós

A Igreja Pentecostal Caminho, Verdade e Vida é uma instituição inspirada por DEUS para alcançar os corações das ovelhas perdidas da casa de Israel por toda a face da terra.
Com o evento da criação do Ministério Caminho, Verdade e Vida, o Senhor JESUS revelou ao coração do presidente Pastor Gilberto Luiz Chaves o seguimento das três portas do Santuário que Moisés realizava para a adoração do SENHOR DEUS durante o trajeto do êxodo do povo de Israel pelo deserto.
O santuário era composto com três seções para adoração, onde uma delas apenas ao sumo sacerdote era permitido pelo poderoso DEUS adentrar em adoração; A cada seção do santuário havia uma porta .
Hoje com a Graça de DEUS através de seu filho unigênito JESUS CRISTO, essas portas foram substituídas pela GRAÇA DE CRISTO QUE LEVOU SOBRE SI AS NOSSAS DORES E AFLIÇÕES, e a cada porta daquele santuário de outrora, hoje conhecemos que a 1ª porta do santuário é o CAMINHO, a 2ª porta do santuário é a VERDADE, finalmente a 3ª porta do Santuário é a VIDA.
Assim, JESUS é o Caminho e a Verdade e a Vida, como diz no Evangelho de João 14: 6, o santuário vivo do Poderoso DEUS, onde toda a adoração é devida a ele, pois, diz a sua palavra:
“Ninguém vem ao Pai senão por mim”
Desta forma Pastor Gilberto Luiz Chaves teve inspiração de DEUS a denominar A Igreja Pentecostal Caminho Verdade e Vida para realização de trabalho de evangelização e divulgação das Boas Novas a todas as criaturas dispostas a encontrar o SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO.
Pastor Gilberto Luiz Chaves é advogado militante com especialização em advocacia Previdenciária, formado desde 1985, exerce suas atividades profissionais seculares regularmente com escritório fixo há mais de 13 anos no mesmo local; foi batizado em 20 de junho de 1990 no Rio Jororó iniciando seu Ministério de Diaconato, quando em 2006 foi consagrado Evangelista pelo Pastor Oscar Luiz de Oliveira Presidente da Assembléia de DEUS Fonte de Amor donde concluiu então o Curso de bacharel em Teologia da Faculdade de Educação Teológica do Estado de São Paulo em 2007, iniciando o Ministério Pastoral.
A igreja Pentecostal Caminho, Verdade e Vida detém a valorosa contribuição do Pastor NELCY CHAVES, regularmente inscrito na ORDEM DOS MINSTROS DO BRASIL, homem de fé com mais de 20 anos de Ministério já Pastoreou nas Igrejas Missionária Cristã, Comunidade Ramá, Assembléia de DEUS em Gramacho e agora com mais de 80 anos de idade é colocado como ESTACA DE ORIENTAÇÃO USADO PELO PODEROSO DEUS.
A igreja Pentecostal Caminho, Verdade e Vida esta nos braços do SENHOR JESUS a esperar por todos os cansados e oprimidos para a divulgação das boas novas, pois, disse JESUS:
Mateus 11:28
Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.







Arquivo do blog